Rádio Nova Era | Música sem parar!

FORNOVA MELHORES DO ANO
28 DE MARÇO
EXPONOR

Os Fornova Melhores do Ano da Rádio Nova Era estão de regresso. Dia 28 de Março, o Norte volta marcar encontro na Exponor – Feira Internacional do Porto, com muitos dos melhores artistas nacionais e internacionais. E, para além disso, o mote será o de sempre: celebrar e premiar os Melhores do Ano no mundo da música. Como habitualmente, está garantida uma noite memorável na 22ª edição dos Fornova Melhores do Ano. Em breve serão conhecidos todos os nomeados, dos quais sairão os Melhores do Ano 2019.


Para já, os primeiros nomeados já confirmados  são: Timmy Trumpet e Dimatik na “After Party”.
Durante a entrega de prémios, vais ver ao vivo Julinho KSD, Kappa Jotta, Piruka, SippinPurpp, Lon3r Johny, Xtinto, Byia entre muitos outros.
Mais confirmações brevemente!


LINE UP

After Party

TIMMY TRUMPET

Timmy Trumpet, ou o atual 13º melhor DJ do mundo, subiu 20 lugares desde a lista de 2018 da DJ Mag, mas melhor só mesmo quando subir ao palco dos Fornova Melhores do Ano. Dizem que o número 13 traz azar, mas as coisas têm corrido de feição a Timmy Trumpet: marca, ano após ano, presença nos maiores palcos da dance scene, tais como Tomorrowland, Ultra Music Festival, EDC e, claro, dois anos consecutivos na Galp Beach Party. – Já foi distinguido e premiado pelo YouTube pela quantidade de streams nas suas faixas e ficou mundialmente conhecido em 2014 pelo trompete e por “Freaks”, uma collab com Savage, e desde então “Oracle”, “Toca”, “Psy or Die”, “Al Pacino” ou “Party All The Time” são faixas que não faltam nos maiores palcos da eletrónica. Em 2019 já lançou mais 7 faixas, sendo que “Therapy” com Charlott Boss é a mais recente, lançada a 30 de outubro de 2019. Timmy também é conhecido pelo chapéu preto e os óculos escuros, e hoje em dia  é um dos nomes mais apreciados da Dance Music.

Maurice West teve uma ascensão fulgurante na comunidade da dance music: foi o primeiro artista a assinar pela Mainstage Music, a editora dos W&W, tendo-se juntado à equipa da Armada Music apenas um ano depois do lançamento da sua primeira faixa.
O jovem DJ e produtor holandês, de 23 anos, vem de uma família de músicos e desde cedo começou a tocar piano, guitarra e bateria. Agora, combina esse background musical com a capacidade de criar progressive e electro house, procurando novos horizontes ao misturar sons de diferentes géneros musicais.
A partir de 2015 surpreendeu com faixas como “Blaze (Sweet Lies)” e “Dojo”, tornando-se reconhecido pela sua sonoridade muito própria. No verão de 2017, foi lançado o muito aguardado single “Festival Of Lights” com KSHMR, através da sua nova editora Dharma.
A música de Maurice West tem tido o apoio da elite da dance music, como Armin van Buuren, Tiësto, KSHMR, W&W, Hardwell e Martin Garrix. O poder das suas melodias também se tem destacado nos palcos dos maiores clubs e festivais de todo o mundo. Em 2018, Maurice West lançou-se numa digressão pela Ásia e marcou presença no festival Tomorrowland.
Em 2019, o jovem produtor fez a sua estreia na Galp Beach Party.
Também neste ano e depois da remix de “ResuRection”, a icónica faixa dos Planet Perfecto Knights, Maurice West teve uma colaboração com os W&W, intitulada “Matrix”.

After Party

MAURICE WEST

After Party

DIMATIK

Do estúdio para os melhores clubs, Dimatik veio fazer ‘estragos’ pelo universo do psy trance.   De intensidade bruta, mas melodias hipnotizantes, não é surpresa que tenha o apoio e o suporte de muitos dos maiores artistas da Indústria, tais como Timmy Trumpet, Armin van Buuren, MaRLo, Hardwell, Blasterjaxx, KSHMR, Tiesto, David Guetta, Steve Aoki e muito mais. “Chamunda” foi o primeiro original de Dimatik, tendo alcançado o primeiro lugar no top Psy-Trance da Beatport, enquanto “Punjabi” – collab com Timmy Trumpet e selo da Dharma Recordings – foi uma das mais tocadas em alguns dos maiores eventos do mundo, incluindo o Tomorrowland e o Ultra Music Festival, para além de que já ultrapassou a barreira dos 60 milhões de streams. Entre as suas residências e outros shows internacionais, Dimatik não dispensa o trabalho de estúdio e conta com mais um lançamento. Em parceria com Exis, “Orchestral Acid” teve lançamento a 20 de outubro de 2019.

Ao Vivo

BIYA

Biya começou a dar que falar em 2017, com a ajuda de nomes como JustJon, Beatoven e Savage.
O seu 1.º single foi o tema “Over You”, com produção de JustJon. Surgiu depois o projeto de estreia, o EP “Listen To Me”, composto por quatro temas, com a colaboração dos produtores Beatoven, JustJon e Savage como convidado vocal.

Seguiram-se os singles “Wait a Minute”, “Paper” (gravado nas ruas de Londres) e o seu mais recente “Sober” com a participação de James dos Reis.

Autor de vários hits como “Happy Day” (single de platina), “After Party” (single de platina) e “Esfrega Esfrega” (single de ouro), Deejay Telio é atualmente um dos maiores fenómenos da música nacional.
Apresentando uma grande diversidade na sua sonoridade, conta com mais de 123 milhões de visualizações no seu canal de Youtube, 3 singles de ouro, 2 de platina e mais de 320 mil subscritores e 330 mil ouvintes mensais no Spotify.
O seu lançamento mais recente é “Karanganhada 3”, o terceiro EP da saga “Karanganhada” que teve início em 2015. Do EP que sucede a “Happy Day” já eram conhecidas 2 faixas, “Com Licença” com a participação de Bispo e “Fxck You”, às quais se juntam mais 5 temas inéditos.
Ao vivo, Deejay Telio já atuou nos maiores palcos nacionais enquanto cabeça de cartaz. Em 2019 iniciou a “Happy Tour”.

Ao Vivo

DEEJAY TELIO

Ao Vivo

FINIX MG

Começou como Phoenixx MG e é agora Fínix MG, o rapper que em 2017 lançou o EP “Níveis”, regressando em 2018 com “Awesome”, tema com instrumental de Rkeat e carimbo da Think Music, a editora de ProfJam.
Depois de colaborações com ProfJam no tema “À Vontade” (com mais de 6 milhões de visualizações) e Lon3r Johny em “Death Note” (com mais de 4 milhões de views), Fínix MG lançou em 2019 as faixas “Mt. Olímpo”, produzido por Rkeat, e “Amanhã Não Sei”, também com a produção de Rkeat e Benji Price.

Julinho KSD traz frescura e originalidade ao panorama musical nacional. O jovem rapper da linha de Sintra junta o crioulo, o português e o inglês numa mistura única.
Julinho KSD é responsável por uma das canções de 2019, “Sentimento Safari”, tendo já alcançado o galardão de Platina, com mais de 8 milhões de visualizações no YouTube.
Seguiu-se o single “Vivi Good”, em colaboração com Yuran e Trista, dos Instinto 26, em que partilham a sua história de vida, dando força ao público para que acredite que tudo é possível.
“Hoji n’ka ta rola”, o novo single de Julinho KSD, já é disco de ouro e é mais um tema com uma mensagem positiva.

Ao Vivo

JULINHO KSD

Ao Vivo

KAPPA JOTTA

Kappa Jotta começou a sua caminhada no Hip Hop em meados de 2004/2005, com apenas 14 anos.
Foi um dos que, juntamente com Mnémiko e Arma Vokal, formaram o grupo da Linha de Cascais, “Guerrilha Urbana”, que surgiu em 2006/2007.
A sua primeira mixtape a solo chegou em 2010, intitulada “Violência Musical”.
Em 2013, é lançado o Ep “Joker”, que reuniu Kappa Jotta, Lhast, Khapo e Dj Big e que teve grande sucesso.
Kappa ganhou o prémio de “Artista Revelação 2014” atribuído pelo HipHopWeb.
O seu primeiro álbum, “Vírus”, chegou em 2015 e contou com as participações de Carolina Deslandes, Bispo, Lhast, Jackpot BCV, João Tamura, Khapo, Dj BIG e Charlie Beats, entre outros.
2017 foi o ano do segundo álbum de Kappa Jotta, intitulado “Ligação”.
No final de 2018, o rapper lançou o seu novo single “Tribo”.
“Nah” (Prod. James Gold) é o seu mais single mais recente, escrito pelo próprio Kappa Jotta e Amaro. Sucede ao single “Levels”, também lançado em 2019, com produção de Lazuli.

João Freixo, mais conhecido por Lon3r Johny, é um rapper e trapper português que se revelou em 2017, introduzindo um estilo único no hip hop português.
Em 2018 juntou-se à editora Think Music, com os temas “Crystal Castle” e “Trapstar”, que juntos alcançaram mais de 3 milhões de visualizações.
O ano de 2019 arrancou com o lançamento de “Death Note”, single em que Lon3r Jonhy contou com a participação de Fínix MG e que já ultrapassou 4 milhões de visualizações no Youtube.
“GT3“é o single mais recente. Mais um lançamento da Think Music Records com produção de Drago & Wally.
Depois da atuação de Lon3r Johny no Meo Sudoeste 2019, o palco que se segue é os dos Fornova Melhores do Ano da Nova Era, em 2020.

Ao Vivo

LON3R JOHNY

Ao Vivo

PHOENIX RDC

Phoenix RDC (Renascido Das Cinzas) é um rapper nascido em Angola mas que cresceu na Vialonga, à saída de Lisboa, e que se tem assumido como voz emergente no panorama nacional de Hip Hop.
Começou por ser “Lil Phoenix” quando, em 2007, lançou o seu primeiro trabalho a solo “Pseudo Americano”.
Em 2008, “Lil Phoenix”, “Kalash” & “Justo”, os 3 da Crew “Junior Mafia”, formaram o grupo “Balistik Force”, e lançaram o album “Eu, Tu e o Hip Hop”.
A partir de 2013, passou a Phoenix, e o ritmo de produção acelerou com as mixtapes “Touro” (2013), “Drama” e “Caos” (2015) e os álbuns “Renegado” (2016) e “American Express” (2017).
O rapper da Vialonga toronou-se um dos nomes mais celebrados e escutados em Portugal e nos Palops, acumulando projetos a solo e muitas participações em faixas de Sam The Kid, Valete, Regula, Boss AC, Wet Bed Gang, Jimmy P, BeatBombers, Dynamic Duo ou Dj Nel Assassin.
Em 2019, Phoenix RDC lançou o “Melhor Álbum De Hip Hop Português”.
Com um talento nato de rimas, perito escritor de canções e melhor contador de histórias, Phoenix RDC é um relatador da real street knowledge das periferias e bairros sociais.

O rapper Piruka soma já mais de 200 milhões de visualizações no YouTube, com os seus vídeos a serem dos mais visualizados entre artistas nacionais. Só o videoclip de “Se Eu Não Acordar Amanhã”, já ultrapassou 25 milhões de views.
O seu álbum de estreia “AClara”, apresentado pelo single“Ca Bu Fla Ma Nau (feat. Mota Jr)” foi lançado em 2017.
Entre os singles mais recentes, lançados em 2019, estão os temas “Impossíveis”, com produção de Tom Enzy, e “Louco (feat. Bluay)”, produzido por Rusty, e que somam, cada um, cerca de 7 milhões de visualizações.
Piruka conta com mais de 84 mil seguidores no facebook, 184 mil no twitter, 430 mil no instagram e mais de 598 mil subscritores no youtube.

Ao Vivo

PIRUKA

Ao Vivo

PUTZGRILLA

Os Putzgrilla são já um nome incontornável da música electrónica nacional.
Em 2018 lançaram o seu primeiro álbum “Favela Rave”, depois de vários singles editados, como “Avacalhar” e “Vaga(Bunda)”, e milhões de visualizações e streamings.
Em 2019, regressaram com o single “Tá Controlado”, juntando-se aos Supa Squad e a Vado Más Ki Ás. Neste single, juntam-se à sonoridade rave, típica dos Putzgrilla, as influências Afro, Funk, Trap e Dancehall, num tema bombástico para as pistas e festivais.
Os Putzgrilla, formados por Hugo Rizzo, Rui Martins, Miguel Lamelas e Carla Maximum, tornaram-se bem conhecidos em todo o País, onde já atuaram em muitos eventos e festivais, como o Meo Sudoeste, Semanas Académicas e Receções ao Caloiro em todo o país.
Fizeram a sua estreia este ano nos Fornova Melhores do Ano da Nova Era, regressando na edição 2020.
As suas atuações são enérgicas, à semelhança das suas músicas, sinónimo de dança e festa.

SippinPurpp é o nome artístico do trapper André Vaz. “No meu copo” foi o seu 1.º single, lançado em 2017.
Em 2018 juntou-se à editora Think Music Records, de Profjam, e participou no single “Dr.Bayard” de Mike El Nite . Esta faixa tornou-se viral nas redes sociais, tendo já mais de 4 milhões de visualizações.
“Sauce” foi o primeiro grande sucesso de Sippinpurp, somando 7,5 milhões de visualizações.
O lançamento mais recente, “Never Walk Alone”, tem produção de rkeat.
Momento marcante na carreira de SippinPurpp foi a atuação na edição 2019 do festival Meo Sudoeste.

Ao Vivo

SIPPINPURPP

Ao Vivo

SKILLS BY MUNDO SEGUNDO

Mundo Segundo vai apresentar-se nos Fornova Melhores do Ano em modo “Skills”. Este é o seu radio show semanal na Rádio Nova Era, com o melhor do hip hop nacional e internacional.

Skills” celebrou em 2019 o seu 3.º aniversário e continua a ser uma referência para todos os amantes do hip hop.

Mundo Segundo é um dos nomes nacionais mais respeitados neste género musical, tendo já completado duas décadas na sua carreira, a solo e com projetos coletivos, como os Dealema e a dupla com Sam The Kid.

Mr. Marley e Zacky Man formam os Supa Squad, autores de muitos hits atuais. Um dos seus grandes sucessos foi “Squeeze Me”, lançado em 2016, juntamente com os Putzgrilla e Virgul, que já ultrapassou 3.7 milhões de visualizações.
Em 2018, os Supa Squad lançaram o seu primeiro tema em português, “Manda Vir”, o primeiro single do EP “Tudo Nosso”. Seguiram-se, já este ano, os singles “Tudo Nosso (Ft. Deejay Telio & Deedz B)” & “Ave Maria (Ft. MC Zuka)”, que atingiram os galardões de platina e somaram mais de 7 milhões de visualizações.
Em 2019 saiu ainda o single “Aleluia (Feat. Apollo G & Elji Beatzkilla)”, que junta ritmos como o afrobeat e o dancehall, bem ao estilo dos Supa Squad. Este tema é um agradecimento aos fãs, amigos, família e a todos os que deram força a este projeto para que chegasse onde está.

Ao Vivo

SUPA SQUAD

Ao Vivo

TAY

TAY é considerado um artista único, marcando o panorama musical português com a sua criatividade, um estilo e sonoridades muito próprias.
2019 foi o ano da revelação de TAY, desde logo com os singles “Pensa Bem” e “Não Preciso”, duas colaborações com Dylan, que alcançaram a platina e são um sucesso de visualizações. “Pensa Bem” ultrapassou 8 milhões de views; “Não Preciso”, tem quase 7 milhões de visualizações, transmitindo uma vibe RnB com Afro Beat e retratando a beleza e o valor das mulheres, bem como os acontecimentos inesquecíveis de uma relação ou de uma grande e boa amizade.
O single mais recente “Tou Fora” é uma colaboração com a cantora Biya, tem produção de Jon e num mês ultrapassou 600 mil visualizações.

Xtinto é considerado um fenómeno no rap nacional, pela rapidez da afirmação e reconhecido por ser portador de um flow e métrica muito próprios, com um wordplay fora do comum.
O seu primeiro lançamento aconteceu em 2015, com a mixtape Odisseia, quando estava ligado ao coletivo Andromeda Records.
Após esta fase, Xtinto iniciou-se de forma independente com a ajuda de Benji Price e Osémio Boémio, ambos da editora Think Music.
“Jurássico Barco” e “Opus Magnum” foram as primeiras faixas a serem lançadas, seguidas de “Quentin Miller” com beat de Rkeat.
O mais recente single intitula-se “Pentagrama” e conta com a produção de Nedved e Benji Price.

Ao Vivo

XTINTO

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais. Preço: 17 euros.

Locais de Venda:

Blueticket, Call Center informações e reservas 1820 (24 horas)
ABEP – Bilheteiras da Altice Arena – rede PagaquiFNAC e em bilheteira.fnac.pt – WortenPhone HouseACPEl Corte InglêsTurismo de LisboaFesticketTicketline